3 de abril de 2012

Farta!


Estou farta de obedecer, de aceitar ordens, de mandarem em mim, de me julgarem por aquilo que sou ou deixo de ser. Estou farta de viverem a meu redor, de estar presa... Estou farta de tudo e de todos, de me rodearem, de me prenderem, de me julgarem por aquilo que faço ou deixo de fazer, estou farta de mim, da sociedade, dos meus... De andar com quem ando e não andar com quem não ando; das minhas atitudes e das atitudes dos outros perante mim. Estou farta de fazer o que faço, o que não faço, do que digo, do que não digo, do que não penso, do que penso, do que não sou e do que sou. Estou farta! Dos concelhos, das opiniões, dos comentários dos outros, de ser diferente e de ser igual, de querer ser eu e ser os outros. Estou farta que me persigam, que me obriguem, que me mintam, que me condenem, que não me deixem viver a minha vida tal como ela é em vez de viver a vida que os outros querem que eu viva. Estou farta da liberdade aparente, de sonho e de realidade, de teoria, de prática, de síntese em geral... Estou farta, farta das leis, de cumpri-las e de lutar contra ela, de não saber por onde vou, para onde vou, o que quero final... Estou farta de ser eu... Estou farta de estar farta! 

7 comentários:

nicolemorais disse...

tem força! as coisas mudam.

Inês Sofia disse...

obrigada pelo apoio princesa!!!

teixa pinto disse...

gosto muito.

marianaduarte ♥ disse...

Já estás inscrita :$

teixa pinto disse...

obrigada eu.

Maria Inês Rodrigues disse...

ohhh fiquei babada com o teu comentário, obrigada minha linda! Olha este texto esta mesmo muito bom! força nisso e qualquer coisa estou aqui * beijinhoooos!

Cátiia Bandeira disse...

Obrigada por teres comentado a minha historia, se cheguei ao fim foi graças ao vosso apoio *.*