20 de abril de 2012

The end*


Porque é que, após tanto tempo, ainda insistes em tentar me rebaixar se sabes que nunca serás capaz? Bem, confesso que existem uns momentos em que não consigo mesmo conter a lágrima que nasce nos meus olhos, mas rapidamente a limpo. Muitas vezes faço-me de forte quando não o sou, tento aguentar-me. Mas eu sei que muitas das vezes chorar faz bem, alivia-nos um pouco toda a dor que em nós ainda existe, é esquisito, não é verdade? Procuro reconfortar-me em músicas, em poucas palavras que fazem aparecer no meu rosto um pequeno sorriso, que por vezes é verdadeiro. Quero colocar uma grande mudança em tudo isto. Os meus sorrisos vão passar a ser totalmente e completamente verdadeiros somente quando tenho razões para isso; Não me vou deixar ir abaixo com outras pessoas insignificantes; vou-me importar apenas com as pessoas que me ajudam, que eu sei que são verdadeiras para mim. E tu, minha amiga, não vais estragar mais nada da minha vida como anteriormente, não, eu já não sou uma menina burra como dantes, eu estou diferente, eu mudei: e para melhor.

3 comentários:

Marcela disse...

Obrigada princesa :)

Maura disse...

Do lado direito, à beira de onde diz Português (Portugal), tens um botãozinho. Clicas ai e vão aparecer-te várias opções. Clicas em Interface Antiga do Blogger :p

Carolina disse...

Mudar é bom. Significa que crescemos, na maioria das vezes :)