8 de dezembro de 2012

Só tenho de agradecer a todas as seguidoras que me enviaram as suas participações, fiquei muito contente!  Mas uma coisa que também vos tenho de informar é que a rubrica "Conhecer o Mundo" irá sofrer algumas alterações: conforme vou recebendo os vossos e-mails para radiatelove12@hotmail.com, irei escolher um tempo e selecionarei o texto que gostar mais. Quando não houver tema, podem fazer como dantes e mandar os vossos textos sobre qualquer assunto para o e-mail. O tema que vocês poderão mandar será algo relacionado com este mês, ou seja, o Natal. Podem falar de tudo, desde presentes, até a recordações da vossa infância nesta época. 
No meio de alguns textos que fui recebendo, escolhi um deles sobre a marca de moda Victoria's Secret, que a autora é a Carolina do Sweet Caroline - para acedar ao blogue da mesma cliquem no nome -  mas irei colocar também os restantes que me mandaram. O texto e a fotografia são da autoria da Carolina.


"Há alguns anos que não falho um e acreditem: os desfiles da Victoria's Secret são muito mais do que desfiles. É tudo pensado ao pormenor e isso nota-se no grau de qualidade que nos é apresentado. São espectáculos que resultam sempre, independentemente da forma como são concretizados e é isso que me faz segui-los. Adoro roupa, adoro moda e tudo o que é relacionado com estilo e com esta forma de expressão mas a verdade é que os desfiles não são a parte que mais gosto. Os únicos que sigo religiosamente são estes. São os únicos que captam a minha atenção ano após ano, fotografia após fotografia, segundo após segundo. Música ao vivo, roupas magníficas, temas absolutamente espectaculares e uma equipa fabulosa fazem dos desfiles da Victoria's Secret os meus favoritos. 

Não é por acaso que a marca se orgulha de ter as melhores modelos do mundo a colaborar para o mesmo fim e não é por acaso que chegar a este nível é um sonho para muitas meninas. Nomes como Heidi Klum, Tyra Banks, Gisele Bündchen, Alessandra Ambrósio, Miranda Kerr e Adriana Lima fazem parte deste mundo e foram elas que captaram a minha atenção. Sim, as modelos. Elas, que desfilam de uma forma absolutamente incrível, como se pisar aquela passerelle fosse a coisa mais divertida do universo.

As marcas de alta costura fazem das modelos cabides e elas limitam-se a desfilar como se estivessem a percorrer o corredor da morte. É certo que a Victoria's Secret, as suas campanhas e estes desfiles são bastante comerciais mas sinceramente, prefiro este tipo de eventos em vez dos de "alta-costura" com modelos que não sabem sequer dar uma entrevista e que pensam "direito esquerdo, direito, esquerdo" enquanto desfilam. A Victoria's Secret é diferente e é isso que cativa a maioria das pessoas que, assim como eu, são apaixonadas pela marca. 

Apesar de todos os seus atributos, as modelos não são assim tão diferentes de nós - são lindas de morrer, é um facto, mas conseguimos perceber que são mulheres reais e que não passam fome durante dias nem são esqueletos andantes. São jovens, giras e absolutamente perfeitas - basta que olhemos para a Candice para comprovarmos isto - mas têm uma beleza natural que me faz invejá-las duma forma positiva. Sabem o que estão a fazer, sabem conversar com os jornalistas da forma mais correcta possível - mesmo nos momentos de maior nervosismo - e, para além disso, amam genuinamente o que fazem. As asas que usam naquele corredor são fantásticas mas a verdade é que são elas que dão vida ao desfile e o tornam num verdadeiro espectáculo anual. O meu maior sonho - e provavelmente o mais utópico - é assistir a um desfile destes, em Nova Iorque. Não sei se terei essa oportunidade um dia (provavelmente não) mas, por enquanto, fico-me pelos vídeos e pelas comprinhas que fiz em duas das lojas da marca."

4 comentários:

Carolina disse...

Ainda bem que gostaste da minha participação!
Só um reparo: a imagem não é da minha autoria. Usei-a para ilustrar o meu texto mas encontrei-a num motor de busca :)

Evelyn Spark disse...

adorei o texto!

Andreia Sofia disse...

Uau adorei o texto. Infelizmente este ano ainda não tive a oportunidade de ver o desfile :/

Maria. disse...

Adorei o texto. Mas existem lojas em Portugal?