24 de setembro de 2013

Ninguém vai ler isto mas pronto




Farta. Farta é definitivamente a palavra com que descrevo estas duas semanas e meias de aulas. Estou farta de não me valorizarem, e que professores que chegam à nossa turma este ano mudarem logo tudo, põem-nos uns contra os outros e só fazem é merda. Não sabem fazer nada! Agora também gostam de por os alunos uns contra os outros, é?! Primeiro mudam os lugares todos, eu quero é lá saber daqueles com mais dificuldades - podem dizer que sou egoísta vá lá - quem chegou mais cedo no primeiro dia de aulas apanha os lugares que apanhou e pronto, se uma pessoa não foi à primeira semana de aulas porque teve a passear e de férias, fica na última fila, estou-me a lixar se tem óculos ou não. Estou-me a lixar para rapariguinhas da professora. Eu era da segunda fila no meio. Sabem onde estou?! Normalmente as salas tem três filas, certo? Bem, eles criaram uma quarta, mas desta vez só com uma mesa, porque a nossa diretora de turma decidiu colocar-nos dois a dois e eu fiquei com um ex-namorado meu que não se cala a aula inteira. E uma outra professora minha vira-se na aula e diz assim "Há, sei que muitos de vocês não estão felizes com os lugares, mas nem sempre podemos ter aquilo que realmente queremos, a vida é assim e bla bla bla e sei que os que estão lá atrás (indireta enorme para mim que toda a gente sentiu) já disseram que não gostam de lá estar mas pronto, é a vida, nem todos podem ficar à frente." Estou isolada ali com ele e mal consigo ver o quadro, parece que querem que eu baixe a porcaria das notas! As minhas amigas ficaram no meu lugar, no meio e à frente, todas juntas, enquanto eu fiquei ali, assim... Tem a mulher alguma coisa contra mim? Só pode ter! Fiz-lhe alguma coisa? Não! Que eu me lembre, não. Agora pessoas que chegam uma semana atrasada e irem logo para a primeira fila e eu que ando naquela escola à mais anos que posso contar fico bem atrás e as pessoas novas - e muito maiores que eu - ficam à frente. Caramba, não sou girafa nenhuma! Tenho 1, 58m. E a professora, no final da aula, ainda me disse "Então, querida que se passa? Pareces chateada. Eu sei que não gostas nada daquele lugar mas pronto, não se pode fazer nada. Não se pode escolher tudo. Mas vês, participas na mesma", com aquele sorriso mesmo cínico. Que vontade de espancar a mulher ali na frente da turma inteira! Contei isto à minha mãe e ela quer ir falar com a professora no dia do atendimento e não me importo do que as pessoas digam. A professora disse que não iria mudar a sala de aula por nada, nem aceita sugestões. Ai que eu já lhe dou a porcaria das sugestões! E o que me irria mais...? A porcaria da infantilidade de umas raparigas da minha turma, na primeira fila, a dizer que querem mudar de lugar por causa da companhia. E eu? A queixarem-se, já viram o lugar que eu tenho? Respeitinho é bom, por amor de deus. Desde o 5º ano até ao ao ano passado, fiquei sempre no mesmo lugar, segunda\terceira fila e no meio e o que mais me chocou é que as minhas amigas estão praticamente no mesmo lugar. E não pensem que sou a única a pensar assim, uma das minhas melhores amigas está à minha frente e ficou sempre no primeiro lugar da primeira fila.  E sim, sou daquelas pessoas estudiosas que quer ficar à frente porque distraio-me facilmente. Estou capaz de matar alguém..

...Desculpem por este desabafo enorme. Sei que a maioria não vai ler.
E desculpem também pela linguagem, é que estou demasiado zangada!

11 comentários:

Blackbird disse...

Estás numa situação nada fácil... A professora devia ter isso em atenção e deixar-te ir para um lugar mais à frente. Continua a pedir-lhe para mudar, sê insistente e pode ser que ela acabe por te mudar de lugar :)

Ivy disse...

Enfim à professores e professores. A mim deixaram ficar nos lugares que quisermos, mas tinhamos que nos manter lá. O pior é que eu não me lembro onde me sento porque todas as aulas as salas são diferentes e estamos todos constantemente a mudar. E os outros aproveitam-se disso e ficam com os melhores lugares (que são os lugares do meio). ai ai.

Mantêm a calma e se a stora não te mudar, depois de a tua mãe ir lá reclamar. então é mesmo para ter cuidado com essa storazinha porque senão ficas manchada...

Rita disse...

R: Quando disse totós não me estava a referir ao cabelo mas sim as pessoas...

Itor disse...

men, toma aí um abraço (>'.')><('.'<)

R: gostei dos 2, mas o meu prefiro é sem dúvida o primeiro.

Amy ☮ disse...

a tua mãe faz super bem em ir lá! ;)

Relojoeiro disse...

É realmente injusto :X Compreendo porque te sentes assim em relação ao teu lugar, eu também tinha um lugar no 10 e no 11 mudaram-me para fazer uma planta da sala como se fossemos crianças. Fiquei mesmo danado. Estamos de tal modo habituado aos lugares que é como se fossem verdadeiramente nossos. É injusto mudarem-nos assim sem perguntarem se queremos ou nos importamos.

Daniela F. disse...

Percebo-te perfeitamente, estou numa situação tão parecida.
Boa sorte

Carolina Pereira disse...

o meu lugar nao e nada de mais, mas em estava a frente para poder tomar atençao e agora tenho de copiar tudo pela pessoa ao meu lado. realmente isso e muito injusto, continua a insistir, inventa problemas se quiseres, mas nao exageres, para a stora nao se passar contigo. acho que a tua mae faz muito bem em ir la, mas ve la se ela nao diz nada que ofenda a professora sem querer, pq o meu pai fez isso sem querer uma vez, olha, foi o resto do ano a implicar comigo... nao e que eu quisesse saber daquela bruxa. mas enfim... eu compreendo te, se quiseres podes vir falar comigo ;)

A. M. disse...

é mesmo muito injusto! :o

Maria Ferreira Alves disse...

Sabes o que pode resultar? Passares a aula toda a falar com ele. Sei que a ideia é um pouco (ok, muito) horrorosa, mas pelo menos chateias a gaja e com sorte ela muda-te. Normalmente os profs mudam-nos de lugar se tivermos a falar muito.

Rose M. disse...

Eu sou como tu, quero sempre ficar à frente porque como sou a mais pequenina qualquer pessoa me tapa a vista e além do mais como tu, atrás distraio-me facilmente porque começo a falar