4 de outubro de 2013



Não me estou a sentir nada bem. Já vos tinha contado que tinha acontecido algo ao meu grupo de amigas, certo...? Bem, foi isto que aconteceu:
Eramos um grupo enorme com cerca de sete ou mais pessoas. Davamos-nos todas bem, andávamos sempre juntas, às vezes ficava uma para o lado nos trabalhos de grupo mas isso não era com intenção por isso elas percebiam. Temos duas raparigas no nosso grupinho que tem personalidades muito, mas mesmo muito fortes, ou seja, difíceis, nem sei bem como vos explicar. Amuam muito facilmente e ficam magoadas por tudo e por nada, são basicamente criançinhas mas eu gosto imenso delas. Bem, uma delas já fez muito mal às outras todas no passado, eu dantes odiava-a, mas as coisas mudaram, pessoas mudaram, pessoas crescem mas parece que as outras não conseguem entender isso. As pessoas tem sentimentos. Até ai tudo ok, até que nós fomos comprar comida para comermos (para comermos, ok... isto fez sentido!) sem a tal rapariga difícil e menos outra porque elas não queriam\gostavam do comer da cantina. Ai, a outra rapariga difícil (que nunca nos fez nada de mal) decidi começar a falar mal da outra, começam todas a dizer coisas terríveis sobre ela, tudo bem, ela errou imensas vezes, mas coitada. Eu ali toda envergonhada sem saber o que fazer, não disse absolutamente nada porque pronto, ela é uma das minhas melhores amigas e eu estava a sentir-me mal ali mas continuei. Hoje a rapariga está super em baixo, super triste porque pensou que podia contar com as outras e elas meteram-lhe "veneno". Não sei para que lado me virar! Às vezes ando com umas, outras vezes com outras. Quando elas começam a falar mal uma das outras, fico sem dizer nada ou vou-me embora sozinha. Hoje houve mais problemas porque disseram-me que eu andava sempre a "saltitar" e que num minuto estava com elas e no outro com as outras. Mas agora querem oquê, que eu vá escolher um dos lados? Não vou fazer isso, nunca na minha vida. E é por estas razões ai em cima que eu prefiro andar com rapazes. 

13 comentários:

A disse...

Diz-lhes isso mesmo, que não gostas de falar mal de ninguém e que não escolhes lados.

Madalena disse...

Realmente estás numa situação complicada :|
Tens de falar com elas e dizer que não vais parar de te dar com umas/uma só porque elas não gostam dela mas que também não queres parar de te dar com elas...

Rita disse...

R: Podes participar as vezes que quiseres!

Daniela F. disse...

Como eu te compreendo.
Mas tens de lhes dizer isso mesmo, as amigas verdadeiras não pedem para escolher, tens de te dar com quem queres.

nês disse...

Tens de ter uma conversa com todas...

Ivy disse...

Rapazes são tal e qual às raparigas, mas são mais discretos...

No entanto acho que deves totalmente frontal e dizer-lhes que têm que meter um fim a estas guerrazinhas. Que não vale a pena falar mal umas das outras nas costas e que se for o caso digam tudo na frente da pessoa e expliquei-lhe o porquê de ser patati patata. Acho que é mesmo o melhor...

R: Não sei se vou fazer disto rubrica ou não. De vez em quando talvez meta. Mas só vale a pena se encontrar cenas deste género que me identifique.

Wendy disse...

As raparigas, às vezes, conseguem ser muito complicadas! Mas, fazes bem em manter a tua atitude.

r: Oh, muito obrigado querida! Fico muito feliz por saber a tua opinião sobre os meus posts :') e, sim, vi agora mesmo publicação da Margarida e soltei logo um sorriso!

A. M. disse...

continua a falar com todas, elas não te podem obrigar a escolher um dos grupos!

Relojoeiro disse...

Acho que o melhor é não estar com rodeios e ires directa à questão.

Blackbird disse...

Eu acho que tu não deves escolher lado nenhum, apenas continuar-te a dar bem com as pessoas de que gostas, mesmo que elas estejam chateadas!

Aaminah disse...

nisso os rapazes geralmente são mais fáceis, mas vais ver que elas vão acabar por perceber o teu lado :)

Carolina. disse...

Diz-lhes que não escolhes lados e que os problemas entre elas são isso mesmo: entre elas. Tu nada tens a ver com o assunto!
Nunca tive problemas desses e ainda bem. Os rapazes são muito mais tranquilos.

R: Orgulho porquê? :)

Daniela Lopes disse...

Realmente com rapazes é muito mais fácil não existirem estas confusões. Desejo-te sorte. Mas acredita que o importante fica sempre.