8 de novembro de 2013

Estava tão cansada


Saudades de quando as aulas de História eram interessantes. Hoje eu estava morta de sono visto que só me deitei às cinco da manhã porque a minha irmã fez a festa de aniversário dela, mas quando as aulas são interessantes eu costumo ficar cativada, e a professora sabia isso, e como ela é tão "parada", fica sempre no mesmo lugar e fala tão, mas tão lentamente, viu que eu estava com um olho fechado e outro aberto e disse "Vá, Luana, dorme lá.". E é por isso que eu gosto dela!

11 comentários:

Carolina. disse...

Nunca adormeci numa aula (:

R: agora só tenho as "essenciais" porque me lembrei de fazer uma "limpeza" geral :p

MC Alves disse...

haha! Isso a mim não me acontece! Os meus profs não me deixam dormir na sala pá!

Maria - xx |Teen World (http://docetesportuguesas.blogspot.pt/)

Olívia M. disse...

Tão o meu prof de história!

Nina disse...

R: Oh, muito obrigada pelo teu comentário, Luana. Também vim para a blogosfera porque senti que neste mundo ninguém se julga, todos temos os nossos problemas e todos nos apoiamos. Acordei melhor, felizmente. E acho que já falei tantas vezes deste assunto que, o melhor mesmo é deixar o tempo curar isto tudo. Porque a cada falha que acontece, no dia seguinte acordo convicta que o dia vai ser melhor que o de ontem, e assim sucessivamente. Mas muito obrigada, sei que serás alguém com quem eu posso contar. Beijinho, Luana :)

Rapariga Simples disse...

Tenho professores que quando nos vêm muito cansados também dizem para deitarmos a cabeça e dormirmos... :)

Bea xD disse...

Eu tenho o azar de me sentar mesmo em frente à professora

vanessa silva disse...

Ola, bem a tua prof é mesmo porreira, só eu nunca tive nenhum assim ahha.
Beijinhos

Carolina. disse...

R: As das redes sociais/contacto com os amigos são as que mais uso :)

Audrey Deal disse...

Ahahah grande professora, foi mesmo uma querida!

Madalena Maria disse...

A professora foi simpática xD

Rita disse...

Grande professora... A minha já me apanhou a dormir em pé e quase cometeu o suicídio... Que era uma falta de respeito e bla bla bla. Credo!